Acerca

Como tudo começou

A ideia de percorrer as ilhas todas da Ria Formosa nasceu em agosto de 2015, quando olhei para o mapa da ilha de Faro e vi que terminava com uma barra – a Barrinha – que talvez até pudesse atravessar-se a nado.

Ah! Mas antes disso. O que é que me levou a olhar para o mapa? Uns dias antes, tinha ido, de carro, até ao fim da estrada do lado leste, na ilha de Faro, à procura de lugar para estacionar, e reparei que havia uma passadeira que continuava, ilha abaixo, para nascente. Fiquei curioso. Foi isso que me fez olhar para o mapa, mais tarde. Foi isso que me fez atravessar as ilhas, de lés a lés, no fim de setembro. Foi isso que me fez pensar no projeto de percorrer Portugal continental pela costa, a pé.

Intenção atual

Um sítio de caminhadas únicas. Como diz um provérbio japonês antigo: existem dois tipos de tolos – aqueles que nunca escalaram o Monte Fuji, e aqueles que o escalaram duas vezes.

Segunda intenção

Depois de ter realizado a travessia das ilhas da Ria Formosa, tive um sonho um pouco mais amplo: pensei em percorrer Portugal continental pela costa.

Primeira intenção

Este sítio é dedicado à Ria Formosa, no Algarve: às ilhas, à bacia interna, aos habitantes, à fauna, à flora, a todo o ambiente envolvente.

Criei este sítio porque sou um apaixonado pela Ria Formosa, e para dar apoio à caminhada que vou tentar encetar no próximo fim de semana (11-13 de setembro de 2015), desde a praia do Ancão até à praia da Manta Rota, a pé, pela areia, com passagem das barras a nado. Lancei o desafio na rede, junto dos meus amigos mais ou menos virtuais, e houve um que decidiu acompanhar-me. Vamos tentar fazer o percurso em dois dias e passar as barras na mudança da maré.

ilhas-3